• Análises Clínicas

    Analisa amostras de fluidos biológicos, ou de cortes histológicos humanos.

    Clique aqui
  • Mamografia

    Exame de diagnóstico por imagem, que tem como finalidade estudar o tecido mamário.

    Clique aqui
  • Raio-X

    Analisa as condições de órgãos e tecidos internos.

    Clique aqui
  • Ultrassonografia Geral

    Diagnóstico que aproveita o eco produzido pelo som para ver em tempo real os reflexos produzidos pelos órgãos.

    Clique aqui
  • Marque e consulte o seu exame

    Para sua comodidade, marque agora mesmo a sua consulta.

    Clique aqui

Dicas ao paciente

Q?Quais são os tipos de jejum que existem?
A.

Dependendo do exame, o jejum é ou não é necessário.

Jejum não necessário

Amilase, Bilirrubina, Células LE, CKMB, Coombs Direto, Coombs Indireto, CPK, Desidrogenase Lática, Gasometria, Pesquisa de Drepanócitos, Eletroforese de Hemoglobina, Eritrograma, Grupo Sanguíneo e Fator Rh, Hemácias, Hematócrito, Hemoglobina, Hemograma, LDH, Leucograma, Pesquisa de Células Falciformes, Plaquetas (Observação e Contagem), Pesquisa de Esferócitos, Reticulócitos, Sódio, Tempo de Coagulação, Tempo de Sangria, Wasserman.

Jejum de 4 horas

Anticoagulante Lúpico, BHCG, DHEA, HIV, Potássio, SDHE, TP, TTP.

Jejum de 8 horas

Ácido Fólico, Ácido Úrico, Ácido Valpróico, ACTH, Albumina, Aldolase, Aldosterona, Amilase, Aminoácidos, Anti-HAV (IgM e IgG), Anti HCV, Anti HBC (IgM e IgG), Anti HBs, Anticorpos Anti-Tireoidianos, AEO, CEA, Androstenediona, Antitrombina III, Bilirrubina, B2 Microglobulina, Bromazepam, Brucelose, CA 125, CA 15/3, CA 19/9, Cálcio, Cálcio Iônico, Calcitonina, Carbamazepina, Catecolaminas, Capacidade de Ligação do Ferro, Caxuma (IgG e IgM), Chagas, Chylamydia, Cisticercose, Citomegalovírus, C 3 e C 4, CH 100, Clonazepam, Cortisol, Creatinina, Curva de Fragilidade Osmótica, Dengue, Diazepam, Digoxina, Eletroforese de Proteínas, Esquistossomose, Estradiol, FAN, Fator Reumatóide, Fenobarbital, Ferritina, Ferro, Fosfatase Ácida, Fosfatase Alcalina, Fósforo, FSH, FT4, FT3, Frutosamina, Gama Glutanil – Transferase, Glicose, HAV, Hemoglobina Glicosilada  A1C, Hemossedimentação, 17 Hidroxiprogesterona, HGH, HIV, HTLV, Hormônio Folículo Estimulante, Hormônio Luteinizante, IgE Total, IgA, ImG, IgG, Índice de Saturação de Transferrina, LH, Lipase, Magnésio, Monotest, Mucoproteínas, Paul Brunne David, PCR, Progesterona, Prolactina, Proteínas Totais, PSA, PTH, Rubéola, Testosterona, T3, T4, T3 Livre, T4 Livre, TGO, TGP, Toxoplasmose (IgG e IgM), TSH, TSH após TRH, TPO, TRAB, Tireoglobulina, Uréia, VDRL, VHS, Vitamina A, Vitamina C, Vitamina E, Vitamina D3, Vitamina B12, Waarler Rose, Widal.

Jejum de 10 horas

Insulina, Peptídeo C.

Jejum de 12 horas

Apo A e B, Colesterol Total e Frações, Colesterol (HDL, LDL e VLDL), Fosfolípideos, Lipídeos Totais Lipidograma, Lítio, Subfracionamento das Frações de Colesterol, Triglicérides.




    
Q?Como é feito o exame de urina?
A.

O EAS é o exame de urina mais simples, feito através da coleta de 40-50 ml de urina em um pequeno pote de plástico. Normalmente solicitamos que se use a primeira urina da manhã, desprezando o primeiro jato. Esta pequena quantidade de urina desprezada serve para eliminar as impurezas que possam estar na uretra (canal urinário que traz a urina da bexiga). Após a eliminação do primeiro jato, enche-se o recipiente com o resto da urina.

A primeira urina da manhã é a mais usada, mas não é obrigatório. A urina pode ser coletada em qualquer período do dia.

Para realização do exame de urina, a amostra de urina deve ser colhida idealmente no próprio laboratório, pois quanto mais fresca estiver, mais confiáveis são os seus resultados. Um intervalo de mais de duas horas entre a coleta e a avaliação pode invalidar o resultado, principalmente se a urina não tiver sido mantida sob refrigeração.

O EAS é divido em duas partes. A primeira é feita através de reações químicas e a segunda por visualização de gotas da urina pelo microscópio.

Na primeira parte mergulha-se uma fita na urina, chamada de dipstick, como as que estão na imagem abaixo.

Através destas reações e com o complemento do exame microscópico, podemos detectar a presença e a quantidade dos seguintes dados da urina:

– Densidade
– pH
– Glicose
– Proteínas
– Hemácias (sangue)
– Leucócitos
– Cetonas
– Urobilinogênio e bilirrubina
– Nitrito
– Cristais
– Células epiteliais e cilindros

Os resultados do dipstick são qualitativos e não quantitativos, isto é, a fita identifica a presença dessas substâncias citadas acima, mas a quantificação é apenas aproximada.

O resultado é normalmente fornecido em uma graduação de cruzes de 1 a 4. Por exemplo: uma urina com “proteínas 4+” apresenta grande quantidade de proteínas; uma urina com “proteínas 1+” apresenta pequena quantidade de proteínas. Quando a concentração é muito pequena, alguns laboratórios fornecem o resultado como “traços de proteínas”.

Q?Como é feita a coleta de sangue?
A.

O sangue do indivíduo é colhido com anticoagulante (EDTA) ou mistura de Paul-Heller, para se evitar sua coagulação. Após a coleta com seringa descartável, o sangue é transferido para um tubo de ensaio de vidro, que deverá ser rotulado com o nome do paciente e lacrado com tampa. Não é necessário jejum, mas recomenda-se 24 horas sem prática de exercícios físicos e 48 horas sem consumo de bebida alcoólica. Deve-se perguntar ao paciente se faz uso de algum medicamento, ou se fez uso nas horas antecedentes ao exame, pois alguns remédios podem interferir nos resultados do exame. Após a coleta, o tubo deverá ser enviado a um laboratório capaz de fazer o hemograma.

Q?O que é hemograma?
A.

Hemograma é um exame que avalia as células sanguíneas de um paciente, ou seja, as da série branca e vermelha, contagem de plaquetas, reticulócitos e índices hematológicos. O exame é requerido pelo médico para diagnosticar ou controlar a evolução de uma doença. Um hemograma é constituído pela contagem das células brancas (leucócitos), células vermelhas (hemácias), hemoglobina (Hb), hematócrito (Ht), índices das células vermelhas, e contagem de plaquetas. Hemograma Completo consiste do hemograma mais a contagem diferencial dos leucócitos.

As células circulantes no sangue são divididas em três tipos: células vermelhas (hemácias ou eritrócitos), células brancas (ou leucócitos) e plaquetas (ou trombócitos).